Parque Social recebeu prêmio concedido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos na Bahia

No dia 29 de novembro, a ABRH Bahia realizou entrega de prêmios à instituições e pessoas que realizaram trabalho de destaque em 2017

O Prêmio Ser Humano é um reconhecimento da ABRH à casos de sucesso na área de gestão de pessoas, com o objetivo de estimular boas práticas que inspirem pessoas e organizações a fazerem a diferença.

O Parque Social foi escolhido pela ABRH Bahia, dentre outras relevantes iniciativas na categoria de Sustentabilidade, pelo trabalho desenvolvido com o Programa Agente da Educação, ação pioneira da Prefeitura Municipal do Salvador, na qual o Parque Social atua como cogestor.

No Programa, o Parque Social coordena cerca de 400 Agentes da Educação, atuando nas escolas da rede municipal de ensino, e realizando um importante trabalho de valorização da escola enquanto espaço de aprendizagem e interatividade, não somente para os alunos. Para conhecer mais sobre o Programa clique aqui.

​O Prêmio foi instituído pela ABRH Brasil em 1993 como Prêmio Ser Humano e se consolidou ao longo dos anos como instrumento de valorização das melhores iniciativas dedicadas ao desenvolvimento das pessoas dentro e fora das organizações, assim como de estímulos ao pensamento criativo e identificação de novos talentos.

Para Luiz Edmundo Prestes Rosa, diretor de Desenvolvimento de Pessoas da ABRH Brasil e coordenador do Prêmio Ser Humano 2017, “A ABRH Brasil acredita que o crescimento do país passa pela solução de seus temas críticos. Entre eles, estão a educação e capacitação das equipes e modernização do ambiente de negócios para que as organizações se tornem tanto mais humanas quanto eficientes, inovadoras e produtivas. O PSH quer estimular as melhores práticas de gestão que favoreçam a participação e a iniciativa das pessoas, contribuindo com ideias pragmáticas e transformadoras. Quer incentivar as organizações a contar com modernos sistemas de gestão de RH e que, assim, possam se diferenciar. E, com tudo isso, quer contribuir para que as organizações se tornem mais avançadas, sólidas, éticas e com resultados sustentáveis”.

Deixe um Comentário