Parque Social leva jovens para intercâmbio em Curitiba

Os jovens, participantes do Projeto Jovem Líder Empreendedor Social 2018, foram selecionados devido a assiduidade, participação, pro-atividade e liderança em sala de aula

Conhecer outras experiências de sucesso no protagonismo juvenil, esse foi o principal objetivo da viagem à Curitiba realizada nos dias 14, 15 e 16 de março pelos jovens Débora Alves, Lorena Sampaio, Odivan Santos e Paulo Santos, que integraram o Projeto Jovem Líder Empreendedor Social 2018, desenvolvido pelo Parque Social com apoio da Prefeitura Municipal do Salvador.

A ação possibilitou aos participantes o contato com outras experiências de sucesso no empreendedorismo social com foco no protagonismo juvenil, conhecimento de outras instituições e jovens engajados em promover transformação social.

“Ficamos impressionados com a maturidade desses jovens. Eles possuem projetos incríveis e de impacto com mesmo nível conceitual de outras ideias que vimos aqui e que já estão rodando”, pontuou Coordenadora Acadêmica do Instituto Legado, Flávia Feliz.

Todas as organizações visitadas pelos jovens, inclusive restaurantes e centros culturais, trabalham com objetivos iguais ou muito similares com as temáticas desenvolvidas pelo Parque Social e na capacitação dos jovens líderes. Um exemplo disso é a startup SO+MA que desenvolve um projeto bem similar ao REALIX, projeto social desenvolvido pelos jovens do projeto.

“Sem sombra de dúvidas é um marco na vida dos jovens líderes selecionados, como um reconhecimento de seus esforços e também de sua responsabilidade de representar os colegas da turma anterior e inspirar os novos jovens líderes. Além disso, a troca de experiências e vivências das pessoas que estão à frente das organizações visitadas, é de grande enriquecimento pessoal e intelectual, abrindo também portas de contato e networking”, explicou a coordenadora do Projeto Jovem Líder Empreendedor Social, Joana Kary.

Durante a visita os jovens assistiram e participaram de palestras e rodas de diálogo sobre empreendedorismo e desenvolvimento social, sustentabilidade, liderança, capacidade de inteligência emocional, comunicação, conheceram uma horta orgânica, o Museu Egípcio e um Hostel 100% sustentável, desde a tintura da parede, feita com terra, até os beliches que são feitos de bambu.

“Essa experiência foi sensacional. Eu fiquei muito encantado com a cidade, com a culinária e principalmente com a receptividade das pessoas. Voltei para Salvador com a cabeça borbulhando de novas ideias”, destacou Odivan Santos.
O Projeto Jovem Líder Empreendedor Social proporciona ao jovem a oportunidade de desenvolver seu papel de liderança, capacitando-o para que seja agente de transformação da sua realidade, valorizando o protagonismo juvenil como fonte de soluções inovadoras e de quebra de paradigmas.

Assessoria de Comunicação – Parque Social, em 20.03.2019
Texto: Carla Costa (Jornalista DRT:03850)
(71) 3202-7167
carla.costa@parquesocial.org.br
www.parquesocial.org.br
Facebook: @parquesocial

Deixe um Comentário